PMAM - Polícia Militar do Amazonas

Portal do Governo do Estado do Amazonas

Proerd Amazonas

 

 

  1. Breve Histórico

O Programa norte americano D.A.R.E. – Drug Abuse Resistence Education (Educar para Resistir ao Abuso de Drogas) surgiu na década de 80, em Los Angeles – USA, como estratégia de enfrentamento aos crescentes índices de consumo de drogas e violência, verificados nas escolas daquela cidade.

No Brasil, o Programa foi implantado no ano de 1992, inicialmente, no Estado do Rio de Janeiro, com intuito fazer frente a situações semelhantes às verificadas no contexto americano, recebendo o nome de PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, e adaptado as cultura e realidade brasileiras. Assim, em pouco mais de 20 anos, o Programa tornou-se referência na área de prevenção e combate ao consumo de drogas e violência nas Policias Militares das 27 unidades federativas e Distrito Federal.

No Estado do Amazonas, o PROERD foi implantado em 2002, inicialmente na cidade de Manaus e nos anos subsequentes, em parte dos municípios da região metropolitana e municípios do arco de fronteira.
O PROERD aplica técnicas centradas na resistência à pressão de grupos, auxílio na tomada de decisões para dizer não as drogas, desenvolvimento de habilidades que levem a motivação, além de ser um programa estratégico que objetiva educar principalmente as crianças e adolescentes em seu meio natural, a escola, com atividades interativas auxiliadas pelo policial instrutor PROERD juntamente com o professor, permite ainda que as crianças desenvolvam uma atitude positiva em relação às autoridades e respeito às leis.

A presença de Policiais Militares nas escolas, para a aplicação do Programa, procura na sua gênese, minimizar os inúmeros problemas relativos à Segurança Pública, interagindo na sociedade com os cidadãos, fortalecendo o trinômio: POLÍCIA, ESCOLA e FAMÍLIA. No que concerne ao funcionamento, o Programa está estruturado em cinco currículos diferenciados em acordo com faixas etárias especificas, assim distribuidos: Proerd Kid’s, Proerd 5 Ano, Proerd 7 ano e Proerd Pais.  Os policiais Proerd são classificados em três classes de atuação: Instrutor, Mentor e Master/Facilitador.

A formaçao dos policiais militares, que atuarão no programa, é realizada por meio de cursos de qualificação com carga horária determinada pela classe que ocupam na estrutura do Programa.
O acompanhamento dos conteúdos do Programa é feito por meio das semanas pedagógicas realizadas a cada início de semestre e das reuniões  semanais, em que se discute as questões pertinentes ao Programa (administrativas e formativas).

  1. Operacionalização do Programa

Dizer não às drogas e à violência se torna um desafio superior à capacidade individual de reflexão e tomada de posicionamento de muitas das crianças e adolescentes submetidos a esse contexto, por não encontrarem referenciais de discussão sobre como lidar com o ambiente de oferta e, de certo modo, de estímulo ao uso dessas substâncias.

Diante do exposto, o Programa seleciona e qualifica policiais, que terão como missão levar informações e problematizar com crianças, pré-adolescentes e jovens os efeitos que consumo de drogas podem causar as pessoas e a sociedade.  Por meio de metodologia construída com base nos pressupostos das teorias sociointeracionista e socioconstrutivista, são desenvolvidas com o público alvo, através de cartilhas, vídeos e materiais diversos, discussões em torno do tema drogas, suas consequências sociais e os malefícios que estas podem causar pessoas e a sociedade. Desenvolvem, ainda, habilidades e competências que possam subsidiar/instrumentalizar os educandos a fazerem escolhas responsáveis e resistirem a oferta e a pressão de grupos para o consumo de drogas e a situações e comportamentos que resultem em violência.

A formação dos profissionais é realizada por equipes de policiais que já atuam no Programa e possuem vasta experiência com a metodologia e as diretrizes estabelecidas pela Coordenação Nacional, responsável por garantir a uniformidade dos procedimentos e a matriz do Programa pertencente ao D.A.R.E. ( Programa criado na década de 80 pelo Departamento de Polícia da cidade de Los Angeles) em todos os Estados onde Programa é desenvolvido.

A capacitação dos policiais Instrutores é realizada através de um curso de 120 horas, estando os mesmo habilitados a trabalhar com crianças, jovens e adultos. Após, aproximadamente, dois anos de atuação o Instrutor estará habilitado a tornar-se policial Mentor, passará por uma formação de 40 horas e ao final deste curso estará apto a formar novos policiais Instrutores e a acompanhá-los na condição de tutor, devendo, ainda  manter contato com a escola e compromisso com formação de novas crianças. O policial o Master/Facilitador, é a graduação máxima do Programa, após 40 horas de nova formação o policial Master passa a desempenhar as funções de capacitador de novos Instrutores e novos Mentores, pode assumir funções administrativas e gerenciais do Programa e, eventualmente, pode atuar em sala de aula.

O acompanhamento dos conteúdos do Programa é realizado por meio das semanas pedagógicas realizadas a cada inicio de semestre e das reuniões semanais. Nestes encontros são discutidas as questões de carater administrativos e logisticos pertinentes ao Programa, bem como temas de carater formativo e motivacionais.

  1. Resultados do Proerd Amazonas

           
Atualmente a coordenação do PROERD Amazonas  está com Ten Cel QOPM Audiney Oliveira Ferreira Pinto que exerce cumulativamente a função de Diretor do CMPM II – Colégio Marcantônio Vilaça, sendo que o mesmo também concorre à escala operacional da instituição.

 

 



REDES SOCIAIS

#TODOSPELAVIDA

Copyright © 1835-2016 Polícia Militar do Estado do Amazonas. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da Polícia Militar. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei. - Mantida pela: DTI - Diretoria de Tecnologia da Informação